Saquê... Sake.... Afinal, o que é isso?

Muita gente já ouvi falar de Saquê / Sake.... (bom, vi escrito das duas formas!)....
Mas poucos são aqueles que se atreveram a experimentar... Afinal, é uma bebida forte: entre 10 a 16% de álcool....

E por que estou falando dele? Oras! É companhia certa com a Comida Japonesa!

Se você está buscando um clima mais quente entre você e seu parceiro, é uma boa opção para um jantar....

Mas do que é feito o saquê???

Por incrível que pareça, o saquê é feito somente de arroz e água. Assim como o vinho, sua fermentação é natural e pode chegar com o teor alcoólico em torno de 16%.

Assim como no chá, o saquê irá variar conforme a qualidade do arroz, o tempo de fermentação, e lembre-se que não é o mesmo arroz que vai no sushi!

E como beber?

Bom, normalmente o saquê se bebe quente (bem quente, diga-se de passagem). Parece estranho: comida fresca/fria e bebidas quentes.... mas vai se acostumando, embora diferente do nosso estilo aqui no Brasil, vale a pena experimentar. O fato dele ser quente é para realçar o sabor, mas não é o fim do mundo!
E relaxe, se você não gosta de bebidas quentes, pode-se beber alguns tipos gelados e/ou temperatura ambiente também.


Nos restaurantes mais tradicionais, o saquê virá numa espécie de xícara quadrada, de madeira, chamada de masu.

Embora sirvam em doses pequenas, não vá bebendo num gole só, hein! =) E não se bebe muito, pois pelos seus ingredientes e preparo dá uma sensação de saciedade muito rápido, sendo consumido preferencialmente somente com os sashimis.


E o sabor?

Bom, tá aí uma coisa interessante: Você no mínimo imaginou que a bebida deve ter um gosto bem esquisito,afinal, arroz e água?! Po... aqui no Brasil, quem não come Arroz e Feijão, né? Mas daí beber, parece muito, muito estranho... Por favor, não bebam aquela água que fica no arroz quando você começa a cozinhar, hein?!?! Isso não tem nada a ver com saquê.

Enfim, devido a preparação, encontraremos variantes: Os que provei tinham um sabor mais adocicado que lembravam frutas, tais como: maça, banana, melão... e alguns cereja, caramelo e frutas cítricas!

Temos duas variantes para os saquês: SECOS e SUAVES.
- Sobre os saquês suaves: alguns chegam ser cremosos, não ficam na boca, o alcool some no sabor frutado, o cheiro também é bom, tem gelados e quentes.
- Sobre os saquês secos:sabor forte, marcante, o alcool aparece mais, são normalmente os quentes..


Qualquer dia eu vou num desses eventos de Harmonização e Degustação do Saquê, ah se vou!!! E quem quiser vir junto, sinta-se convidado.
E farei uma visita com certeza no Adega Sake, para degustar em casa, o que ainda só consegui fazer em restaurantes... e ainda conhecer o tal de Shochu, um destilado que vem crescendo por ai.

Beijos

Fonte:
Cultura Japonesa

Comentários